Renda extra é arma dos varejistas para combater a crise

Com mercado cada vez mais competitivo e instabilidade econômica, espera-se crescimento das iniciativas de renda extra no varejo.

Com a alta competitividade do mercado e as incertezas econômicas que pairam sobre o país – que só aumentam com a proximidade das eleições presidenciais, começa a surgir uma tendência no varejo do país, especialmente entre os e-commerces: a busca por iniciativas de renda extra. Isso fica claro quando avaliamos os números da pesquisa Receita Além das Vendas, realizada pelo IBEVAR – Instituto Brasileiro de Executivos do Varejo e Mercado de Consumo –, junto ao PROVAR – programa da Fundação Instituto de Administração (FIA) em parceira com a Affinion, líder global em soluções de receita extra e engajamento.

Liderado pelo Professor Doutor Claudio Felisoni – presidente do IBEVAR, ,– o estudo contou com a participação de executivos dos principais e-commerces do Brasil e identificou que 96% das empresas respondentes utilizaram algum tipo de renda extra nos últimos dois anos.

De acordo com Ricardo Cassettari, Head Latam da Affinion, esse é um movimento esperado. “Nós vivemos um ambiente de constante transformação e muita competitividade, então é normal que as empresas busquem, frequentemente, novas formas para gerar receita complementar. Principalmente quando falamos dos e-commerces, que têm uma operação muito cara. E eles podem ter ganhos sem custo adicional elevado, por exemplo, rentabilizando o tráfego de usuários que visita os sites e não realiza uma compra”, afirma. adicional pode representar alta sensível para o resultado das empresas. Sergundo 21% dos entrevistados, a receita além das vendas é responsável por 5% a 10% do seu faturamento geral. Para 12%, a estratégia representa 10% a 30%. Há casos, inclusive (2%) em que a iniciativa constitui de 40% a 50% do resultado da empresa.

É possível perceber que a geração de receita

Participação da Receita Extra no Faturamento:

Mas apesar da alta adesão em iniciativas de renda extra, nem todos os players conseguem identificar, ainda, a importância da estratégia. Apenas 9% dos entrevistados veem as atividades que geram ganhos adicionais como extremamente importantes, enquanto 30% julgam muito importante, 31% veem importância moderada e 30% acredita que as estratégias têm pouca importância.

Para Cassettari esse panorama tende a mudar em breve. “Os níveis de satisfação com a renda extra em empresas que adotam planejamento específico para captação de receita secundária são de 72%. E essas são, também, as empresas que conseguem enxergar a importância de buscar recursos em várias frentes. Em breve, esse será um diferencial competitivo e aqueles que ainda não acreditam na iniciativa terão que se adaptar à realidade, ou correm o risco de ficar para trás”, pondera.

Ajuda dos especialistas | A maioria das empresas entrevistadas (59%) já utilizam parceiros externos para obtenção de renda extra, mas apenas 19% utilizam programas de fidelidade externos – sendo que, desses, 71% veem a estratégia como bem sucedida. Segundo Cassetari, esse é o primeiro passo para uma estratégia vencedora. “Quando você busca um serviço bem feito e rentável para a sua empresa, você deve procurar um especialista. Com a renda extra não pode ser diferente. Há empresas especializadas em gerar oportunidade e monetização tanto no pós, quanto no pré-transicional, com estratégias diferentes para cada mercado. Então, é sempre importante procurar quem realmente entende do negócio para ter resultados satisfatórios”, pondera o executivo.

Sobre a Affinion

Affinion é líder global em soluções de receita extra e engajamento, com mais de 40 anos de experiência. Está presente em 20 países e, no Brasil, gera receita adicional para cerca de 40 e-commerces parceiros.

Suas soluções auxiliam seus clientes a construírem um relacionamento sólido com seus consumidores, melhorando a retenção e fidelização dos clientes e gerando aumento de receita extra relevante para as companhias.

Sobre o IBEVAR
O IBEVAR – Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo – é uma instituição sem fins lucrativos, que se propõe a produzir conteúdo no setor de Varejo & Consumo, promover networking entre executivos que atuam nessa área e gerar negócios entre os participantes.

O IBEVAR conta com o apoio de conteúdo do PROVAR/FIA e da Academia de Varejo da UBS-Escola de Negócios, que auxiliam na construção de conhecimento dos associados.

Sobre o Provar:
O PROVAR – Programa de Administração de Varejo, presidido pelo Prof. Dr. Cláudio Felisoni (FEA-USP) autor de diversos livros sobre varejo, além de ser criador e divulgador do ranking Ibevar – é resultado da fusão, em 2008, de dois centros de referência em pesquisa, consultoria e educação executiva da Fundação Instituto de Administração (FIA).

Com equipe técnica composta por mestres, doutores e profissionais de mercado altamente qualificados, o Labfin-Provar tem como seu principal laboratório o ambiente real de negócios no qual as empresas e instituições financeiras estão inseridas.