Como vender e engajar mais na Black Friday 2017: cinco dicas preciosas de segurança

Não é de hoje que as empresas estão incentivando cada vez mais seus clientes a utilizarem os seus canais digitais. Seja para acessarem seus sites, baixarem seus aplicativos, preencherem suas páginas de cadastro; a rotina atual não faz sentido sem a internet.

Um exemplo disso são as compras online: a previsão da Associação Comercial de São Paulo é que as vendas da Black Friday de 2017 vão crescer pelo menos 15% em comparação ao ano anterior. A data oficial no Brasil está marcada para o dia 24 de novembro, mas os consumidores já começaram a ver as ofertas arrasadoras nos intervalos de comerciais de TVs, rádios e até no Spotify – muito antes da data oficial chegar.

Os especialistas da Affinion, selecionaram 5 conselhos para evitar que os dados dos internautas fiquem desprotegidos. Mostre para os seus clientes que sua empresa se preocupa com a segurança deles e aproveite para engajá-lo a sua marca. É uma oportunidade também para se proteger: as dicas são válidas para todos que querem aproveitar o melhor da Black Friday 2017.

  1. Seja cuidadoso ao escolher os aplicativos que você instala e preste especial atenção nas permissões que cada um deles pede. Por exemplo, não faz muito sentido um aplicativo de Previsão do Tempo pedir para acessar as suas fotos, não é mesmo? Delete os apps que você não usa mais. Eles aumentam a vulnerabilidade em relação à sua segurança e privacidade, além de consumir memória de seu aparelho.
  2. Muito cuidado ao abrir e-mails com promoções: se não conhece quem o enviou não clique em links ou abra arquivos anexados. Ações de Phishing (que colocam uma armadilha nas mensagens para “roubar” os dados do usuário) são corriqueiras nesse período. Se você acredita que a mensagem é legítima, acesse diretamente o site da empresa sem clicar em nenhum link enviado.
  3. Atente-se aos pequenos sinais de segurança: Ao fazer uma compra, verifique se o site que você está acessando exibe o símbolo de um cadeado ao lado da barra de endereço e se o endereço do site que você está acessando muda de ‘http’ para ‘https’ – isso significa que ele é criptografado e que ninguém mais pode ler o número de cartão, conta ou senhas que você digitar.
  4. Procure sempre navegar com segurança. Ao fazer alguma compra, verifique se o site que você está acessando exibe o símbolo de um cadeado ao lado da barra de endereço e se o endereço do site que você está acessando muda de ‘http’ para ‘https’ – Isso não garante que o site é 100% confiável, mas significa que ele é criptografado e que ninguém mais pode ler o número de cartão, conta ou senhas que você digitar.
  5. Verifique sua conta bancária e extrato de cartão de crédito regularmente e habilite sua conta para receber SMS sempre que seu cartão de crédito for utilizado. Caso perceba qualquer lançamento estranho entre em contato com o seu banco ou administradora do cartão de crédito o mais rápido possível.

O tema proteção digital já faz diferença na vida dos consumidores e está intrinsicamente ligada a reputação de sua empresa. Conheça o ProtegeWeb e tenha uma opção de engajar seu cliente com sua marca através segurança online. Fale conosco através do nosso email: contato@aibrasil.com. Podemos apresentar nossos casos de sucesso e mais detalhes da solução que está extremamente alinhada às necessidades atuais dos consumidores brasileiros.

 

 

Quer saber mais ? Entre em contato

  • Cadastrando suas informações,  você reconhece que leu nossa política de privacidade e permite que utilizemos seus dados de acordo com tal política e nos permite enviar periodicamente materiais que entendemos ser relevantes aos seus interesses.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.